Secretaria do Ambiente e Inea interditam loteamento irregular em Campo Grande

Um loteamento clandestino foi interditado, na terça-feira (14/5), em operação realizada pela Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, por meio da Superintendência Integrada de Combate aos Crimes Ambientais, e pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) em Campo Grande, na zona oeste do Rio. A fiscalização contou com o apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm) e  foi desencadeada a partir dos alertas emitidos pelo Programa Olho no Verde, iniciativa da Seas que visa reprimir o desmatamento da Mata Atlântica.

A equipe percorreu a Estrada da Cachamorra e flagrou trecho desmatado para loteamento irregular,  inclusive já demarcado com cercas. A área está  situada na zona de amortecimento do Parque Estadual da Pedra Branca, unidade de conservação administrada pelo Inea.

Uma retroescavadeira e dois  caminhões foram apreendidos e três pessoas foram detidas e conduzidas à 35ª Delegacia de Polícia (Campo Grande), onde prestaram esclarecimentos. Os infratores responderão por crime ambiental.

– A ação foi realizada com o auxílio do Olho no Verde, programa que monitora por satélite os fragmentos florestais em todo o território fluminense. Quando há supressão de vegetação, são emitidos alertas direcionando as equipes de fiscalização – explicou o superintendente de Combate aos Crimes Ambientais, Fábio Pinho.