Vereador Dr. Gilberto quer armar mulheres com gás de Pimenta

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro recebeu no mês de maio a proposta do vereador Dr. Gilberto que autoriza a posse e o porte exclusivo para mulheres de spray de pimenta em todo o território municipal.
Segundo o parlamentar a utilização do spray de pimenta pela mulher como arma não letal, destinada à proteção pessoal, será uma forma de proteger quem naturalmente não pode reagir a uma agressão masculina e precisa esperar por socorro.

“Este projeto busca disciplinar a utilização do spray de pimenta, gás de pimenta ou gás OC (Oleorresina Capsicum), como equipamento não letal de proteção e destinado exclusivamente à defesa pessoal da mulher.
Não há dúvida de que a violência contra a mulher que grassa em todos os cantos do território nacional exige resposta e segurança do poder público. Não podendo prover proteção a todas, as vítimas ficam sujeitas à ação dos delinquentes, pela impossibilidade de se defenderem. Nessas circunstâncias é preciso propor soluções criativas para que a sensação de segurança seja incrementada entre mulheres, bem como seja permitido a cidadã em situação de risco, a utilização de meios não letais para sua defesa, como o que se propõe nesse projeto. No caso da utilização do spray de pimenta pela mulher em situação de agressão poderá evitar uma fatalidade contra ela bem como o agravamento destas lesões. O tempo de ação do spray de pimenta no agressor talvez seja o tempo necessário para que uma mulher sobreviva em nossa cidade, e nós vereadores teremos contribuído para diminuição de lesões fatais contra mulheres de nosso município”, justificou o vereador.